Pensar fora da caixa

Pensar fora da caixa

Tal como outras temáticas ou técnicas com origens e fundamentos artísticos, a fotografia carrega em si mesma um enorme legado de princípios, leis e algumas regras.

Os principais fundamentos advêm dos tempos de exploração artística, da pintura, dos enquadramentos, das proporções e suas relações, também do espaço negativo, dos pontos de fuga e da procura constante da desordem na ordem, dos momentos mais espontâneos surpreendentes e imediatos, com o sentido de registar instantes únicos e para sempre memoráveis.

Há de facto “milhentas” regras princípios e dicas a abordar com vista a treinar os nossos olhos a estarem despertos para identificar um bom momento, enquadramento, luz e assim treinar o nosso corpo para, em função do resultado pretendido, configurar a nossa câmara fotográfica para executar a fotografia.

Fundamental é conseguir um bom domínio técnico sobre o equipamento que estamos a utilizar, após isso há também uma regra muito importante, (a qual, por vezes, deve ser cumprida): as regras de concepção da fotografia foram criadas para serem desrespeitadas. Apenas com esta abordagem disruptiva e de experimentação é possível trilhar novos caminhos e testar novos sentidos de registo de imagem e desta forma abrir novos horizontes.

Pensar fora da caixa  Pensar fora da caixa Untitled 1 1 300x224

Pensar fora da caixa e sair da chamada zona de conforto é o que nos permite evoluir, por isso não há que ter receio de arriscar.

Boas fotos!

Back to Top